Para ouvir: Deidre & the Dark

 Olá, fios e fias!
Vocês pediram e eu atendi. Agora a tag Para ouvir* voltou para a programação semanal do blog. A indicação musical dessa vez é a Deidre & the Dark. Muita gente já deve ter visto falar dessa banda. Se não viu deixa eu fazer as honras.


Nasceu no Brooklyn e resolveu ir um pouco na contramão do já saturado mercado pop optando por um estilo antiguinho de fazer música. E não é que deu certo?!

 Fator x 
A vocalista, Deidre Muro tem uma voz doce (nada enjoada), as músicas possuem arranjos inspirados nos anos 60 e, por último e não menos importante videoclipes bem produzidos. Selecionei dois clipes da banda. O primeiro da sua música de maior sucesso, lançada em 2012: "Classic girl".



Dicionário fashion I

 O que é vintage, hi-lo, hype? Vira e mexe a mídia especializada em moda usa termos especificos para se referir as coisas que fazem parte do meio fashion. Esses termos, que muitas vezes são estrangeiros ou neologismos criados a partir de outras expressões causam dúvidas sobre seu significado e dificuldade de compreensão dos textos por uma parcela de leitores.


 E porque funciona assim? Porque muitos termos já são bem difundidos mundialmente e boa parte deles não ficariam tão bem "abrasileirados", por causa da escrita e porque a tradução poderia gerar uma referência diferente da desejada. Por outro lado, traduzir os termos referentes ao mundinho fashion seria uma forma de privar o leitor da informação, do conhecimento e da cultura que este irá adquirir. Conhecimento que pode muito bem ser usado para outras leituras, de outros meios de comunicação inclusive. Através da simplificação dos termos, o autor estaria subestimando o seu leitor e respondendo superficialmente a uma questão que ao meu ver carece de uma visão mais globalizada.

O objetivo desse post é comunicar e informar de maneira simples alguns dos termos mais utilizados no mundo fashion. Quem tiver alguma dúvida fique a vontade para falar nos comentários. A resposta incluo na segunda edição!  =D

Vintage: A palavra de origem inglesa indica a safra de um vinho (vint= safra da uva e age= idade). Nos anos 80, veio para a moda como uma referência a roupas de outras épocas que ganharam valor por sua antiguidade, como acontece com o vinho. Você pode achá-las em brechós ou dando uma boa vasculhada no armário da avó.


Dress code: Seria "código de vestir" uma espécie de etiqueta de como se vestir levando em conta a ocasião social.

Hi-lo: É formado pelas palavras inglesas high e low (alto e baixo), é um mix de peças extremamente opostas: caríssimas com superbaratas ou despojadas com outras mais glamurosas. J. Lo e Beyoncé são adeptas deste estilo.

High-tech: Vem de high technology, (alta tecnologia, em inglês) e é usado para roupas com design arrojados e materiais sintéticos. O dry-fit, por exemplo, tecido usado em roupas esportivos, permite que o suor evapore e a peça fique seca rapidamente.

Oversized: A tradução para esta palavra inglesa é "bem grande". O termo é usado para peças com tamanho amplo. Nesta estação, por exemplo, a skinny dá lugar a modelos de calças oversized (pantalona, boyfriend´s pants, cropped). Outras peças, como blusas e bolsas, também podem ganhar esse adjetivo.

Haute couture: É uma palavra que pode ser traduzida literalmente. É uma expressão francesa para se referir a alta costura. 

Prêt-à-porter: Sabe aquela blusa que você tem e sua amiga também? Ela é prêt-à-porter. Do francês "pronto para usar", o termo se refere a uma produção volumosa da mesma peça, o famoso P, M e G. Nos anos 40, a expressão ganhou força nas principais passarelas mundiais.

Streetwear: A moda de rua é esportiva e despojada. Ganhou força nos anos 80, quando o tênis saiu das quadras e foi parar no pé da galera. Uma precursora do estilo é Madonna. Em 1994, ela usou um vestido da Adidas e fez a marca virar um ícone do streetwear.

T-shirt: O termo começa com a letra T para associar justamente ao formato da camiseta. Mais fácil impossivel! 

Pin-up: Durante a Segunda Guerra Mundial, nos anos 40, os soldados se divertiam com fotos de pin-ups girls (garotas penduradas). Elas estampavam os calendários dependurados nas paredes. O estilo era sensual: pernas de fora, peças que marcavam a cintura e decotes generosos. Mas nunca vulgares. Dita Von Teese e Betty page são famosas adeptas do estilo.

Hype: Se está em alta, é hype! Inicialmente usada para supervalorizar uma pessoa ou uma mercadoria, essa palavra inglesa entrou para o vocabulário da moda nos anos 90. Virou sinônimo de algo que está fazendo muito sucesso no momento.

Must have:  Se refere ao "tem que ter". Muito facil!

It: Ter um IT significa ter algo a mais. Uma peça especifica pode ser o IT que faltava no seu look. Uma IT girl é uma garota que se destaca pelo estilo e é copiada por outras meninas. A Kate Moss, por exemplo, é uma IT girl por ter lançado várias tendências, como a da calça skinny e da ankle boot.


 Ao contrário do que diz o aviso de inacessível, os comentários via facebook estão funcionando perfeitamente. Eu mesma testei!  :)

Vamos? Encontro de blogueiras em Salvador

Ao abrir meu feed de notícias do facebook ontem à noite tive uma grata surpresa ao me deparar com um post pra lá de convidativo. Finalmente aconteceria um encontro para blogueiras de Salvador do qual vou poder participar!!

A organização deste encontro é uma realização do Delineado Gatinho blog. Apesar do evento ser em Salvador meninas que não moram aqui mas que estão de passagem pela cidade serão bem-vindas. Ficarei feliz em conhecê-las!


Quando?  27/04 - Sábado às 10hs

Para mais informações sobre o local, confirmação de presença e outras dúvidas, envie um e-mail para: encontrinhosalvador@gmail.com

Quem não puder comparecer não fique triste, quem sabe não rola uma segunda edição?

Ao contrário do aviso de inacessível os comentários via facebook estão funcionando perfeitamente. Eu mesma já testei!  :)