Look do momento: Calça xadrez vermelha

 No melhor estilo "despedida invernal" usei este look ontem para ir a faculdade. Álias você já se despediu do inverno? Ou assim como eu ainda não caiu a ficha? A calça que dá titulo a este post estava quase mofando no guarda-roupa, se usei duas vezes foi muito. Nem quis fazer color blocking já que além da calça ser vemelha, tem estampa nada discreta então imagina a falta de praticidade? Resultado: Resgatei uma peça super legal e, de quebra o visual ficou bem roquinho sem parecer detonado, recebendo muitos elogios.


Conclui que...
Foi muito bacana dar uma descontraída afinal no semestre passado estava numa vibe mais formal - moça sóbria chique. Ficava cansada de toda vez ter que pensar muito no que vestir.  As vezes a gente esquece que é preciso se permitir, ousar e relaxar vez ou outra para não cair na mesmice. Portanto, fica meu recado: o estilo não está presente apenas na roupa mas também no estado de espirito de quem veste. #nuncaesqueçadisso

Desejo (fashion) do dia: Jaqueta preta de couro

 Yes, I can! Finalmente o inverno resolveu comparecer na minha cidade, desde sabado tá um friozinho gostosinho. Então acordei com uma pegada mais metal, baby! Vou pegar a minha jaquetona de motoquera (invisivel hehe) e, me jogar na estrada ao som de I love Rock n´roll - Joan Jett.




Tem coisa mais clichê rock do que isso me diga?

E se eu fosse...



um mês, eu seria: Abril
um dia da semana: quinta-feira
uma hora do dia: 17:00 
um planeta: Saturno
um signo: Aquário
um símbolo: @
uma direção: Leste
um pecado: Preguiça
um líquido: Suco
uma pedra: Diamante
um clima: Frio
um instrumento musical: Piano
uma cor: Azul
um bicho: Formiga
um barulho: Trovoada
uma música: Hey jude - The Beatles
um livro: Enciclopédia
uma comida: Lasanha
uma sobremesa: Sorvete
um doce: Torta
um lugar: Céu
um esporte: Natação
um gosto: Agridoce
uma coisa : Uma tesoura
uma parte do corpo: Olhos
uma expressão facial: Surpresa
uma matéria :  História
um astro: Estrela
um número: 25
uma pessoa famosa: Jesus
um desenho: Shrek
uma viagem: Interestrelar
um ritmo:  Blues (Só pra variar)
uma frase: "Existem mais coisas entre o céu e a terra  do que sonha nossa vã filosofia"


Post scriptum: Segunda edição em breve!

Mary & Max - Uma amizade diferente (2009)

  Bem, estava um belo dia em casa totalmente ociosa (atacando a geladeira de cinco em cinco minutos) ai resolvi apelar para os telecines da vida em busca de um filminho pra passar melhor o tempo (a loca do controle remoto).  Vi comentários muito bons sobre este filme com a única ressalva: Prepare o lenço, fia!

 Sinopse: Mary Daisy Dinkle (Toni Collette) é uma menina solitária de oito anos, que vive em Melbourne, na Austrália.  Max Jerry Horovitz (Philip Seymour Hoffman) tem 44 anos e vive em Nova York. Obeso e também solitário, ele tem Síndrome de Asperger. Mesmo com tamanha distância e a diferença de idade existente entre eles, Mary e Max desenvolvem uma forte amizade, que transcorre de acordo com os altos e baixos da vida. Via: adorocinema


Apesar de se tratar de uma animação e, produzida todinha em stop motion este filme não tem nada de infantil. Muito pelo contrário, Mary & Max consegue abordar assuntos bem sisudos com simplicidade, arrisco dizer até que com um fiozinho de humor.  Em suma me identifiquei em alguns momentos com a personagem Mary, me lembrei da época que remetia cartas, por conseguinte, das amizades que fiz através deste meio de comunicação tão retrô nos tempos atuais.


A fotografia no estilo preto/branco com pequenissimos toques de cor aprofundou meus sentidos, ora fascinava, ora me entristecia. Quer saber se chorei? Chorei tanto, mas tanto que pensei que não ia parar principalmente por causa do final. Quando você se envolve com a estória fica torcendo pelas personagens... Eu, por exemplo senti muita dó do Max, conheço um senhor muito parecido com ele de quem inclusive sou amiga. E a Mary? Fiquei com raiva dela em alguns momentos, com pena, me solidarizei em outros.

Prepare o lenço, fia! - Mary & Max mostra o quanto somos vulneráveis mesmo que cotidianamente seja preciso maquiar isso numa espécie de complexo de super homem. Sendo que muitos adoecem justamente por isso, por esquecer a sua humanidade e, querer usar somente a razão.


Produtos testados: Batom Clinique da promoção "compartilhe um sorriso"


Esta lembrada que comentei aqui sobre uma promoção chamada Compartilhe um sorriso da Clinique? Pois é, há umas duas semanas atrás recebi o batom prometido por eles e, logo tratei de testar. Embora não seja fã da cor rosa, muito menos de batons cintilantes, este me surpreendeu. E não foi só a mim, minha mãe que é uma super fã da cor ficou doidinha pelo batom... Não pude deixar de colocar a minha humilde opinião afinal o primeiro clinique a gente nunca esquece. rs

 

 Ele possui uma boa cintilancia, excelente durabilidade, ótima cobertura, não tem perfume e, apesar de ser cintilante dá para usar de dia numa boa basta aplicar pouquinho.


Inspiração: Zoe Saldaña

 Zoe Saldaña é uma atriz estadunidense, tem inacreditáveis 33 anos e uma beleza exótica  que se deve a sua ascendência dominicana e porto-riquenha. Começou a carreira como bailarina (acredita?), mas a paixão pela atuação falou mais alto motivando seu ingresso num programa de teatro. Sua estreia foi na tv em um episódio de Law and Order em 1999 e, de lá para cá até emplacar nos papéis de Uhura (Star Trek) e Neytiri (avatar) foi uma longa jornada.


No dia-dia a atriz tem um estilo casual chic e sempre aposta numa cartela de cores neutras: branco, preto, cinza. O arremate do visual impecável fica por conta dos sapatos: botas, sandálias e ás vezes scarpins poderosos além dos acessórios.


no Red Carpet... Zoe adora modelagens justas. Seus looks sempre se destacam nas noites hollywoodianas por combinar sensualidade e requinte. Se escolhe um vestido comportado tem um decote acompanhando, quando não é isso opta por brilhos e sapatos absurdooos de lindos. Entre as marcas preferidas da atriz estão: Balmain, Louis Vuitton, Dior...



 No quesito maquiagem ela é sempre discreta: Base, blush pêssego, sombra marrom esfumadinha, delineador preto. O que varia é o batom rosa, vermelho, mas pelo que percebi ela gosta mais do nude mesmo.


O que mais me surpreende é o corpo dela (super de menininha que se transforma nos vestidos de festa) e o que mais me assusta é esse sorriso mega esticado. Fiquei inspirada quando assisti Star Trek semana passada.*

Random facts #2

 A recepção das leitoras em relação ao random facts foi tão positiva que resolvi fazer uma segunda edição. Quem acompanha o blog há um tempinho sabe que tentei colocar uma tag chamada mosaico, com dia da semana certo só que não rolou :(.
Desta vez, tendo em vista que o tempo anda curtissimo, não consigo acertar prazos no blog, a internet lotada de posts com fotos do dia resolvi fazer um pouco diferente. 
Vamos combinar o seguinte: Todo final de semana postar um random facts?!  O que vocês acham?
 E, não prescisa ser só de fotos e coments eu podia colocar algum assunto da semana que repercutiu com opinião. Não sei se já perceberam mas eu adoro uma boa polêmica... rs

Então estamos conversadas né?

♫ Viola de moça só, viola de moça


Minha relação com a música sempre foi 8 ou 80. Ou eu amo muito uma música/banda ou nem dou trela. Quando tinha 13 anos quis montar uma banda de rock com as amigues mas não deu, por falta de interesse delas. Lembro que uma vez cheguei em casa empolgadissima, peguei o caderno e comecei a escrever umas letras de música - aquilo soou tão mágico, não imaginava que tinha capacidade. Tenho o violão (o da foto) encostado no quarto desde que ganhei (no niver de 14 anos) e, nunca tinha tocado. Até tentei aprender com o meu ex-namorado mas, não rolou... Uma pecinha branquinha chamada pestana tinha sumido, o violão tava desafinado e as cordas uma por cima da outra. Passei um tempo acreditando que música não era pra mim, apesar de gostar de cantarolar por ai. 
A virada aconteceu na sexta-feira à noite: peguei uma haste de plástico improvisei uma pestana, busquei umas aulas para iniciante na net e lá vamos nós madrugar tentando posicionar os dedos no instrumento. Tô feliz porque isso já significa um começo, deixei a preguiça , o medo e o sentimento de frustação para trás. Tô muito orgulhosa de mim mesma!

Shopholic em ação

Aprovei as liquidas da vida para pegar aquelas pecinhas caras da estação passada a preços orçamentais. Essa semana que passou garimpei umas roupitchas que só mostrarei em outro post. Tem saia para a mulher workaholic da vida por inacreditáveis trinta reais, calça milico que se eu disser o preço ninguém acredita, shortinho hot pant...
Tenho outra coisinha pra contar, iniciei um curso de consultoria de imagem neste mês - Imagina a minha felicidade? Quero muito trabalhar com este negócio, gente!

Este é "O wafer"

Antes que insinuem alguma coisa, não fui paga pela empresa para "propagandar" nada. Quero poder ter opiniões livre de jabás e, o fato de não receber por isso é o preço que tendo a pagar. Minha mãe comprou pra experimentar e eu amei. Diferente de muitos wafers que o chocolate mal dá pro mosquito da dengue (quem dirá pra gente), pude sentir a cremosidade do chocolate a cada mordida. É crocante sob medida, a única queixa é a quantidade que vem na embalagem. Oh, Nestlé! coloca mais wafer neste pacote please. Quero engordar com dignidade! :)

Francesinha preto + dourado

Tive um intervalinho na semana para mostrar a minha francesinha inspirada na da Chanel: esmalte dourado com preto fosco na pontinha. Engraçado essas coisas de beleza né? As vezes aquilo que você acha mega estranho se torna uma gracinha mais tarde visto com outros olhos. Foi justamente o que aconteceu comigo se me perguntasse sobre francesinha colorida aka inglesinha:  - Quii nada, muita piruice para uma pessoa só! (eu diria há uns 2 anos atrás) Por isso, no melhor estilo pagando com a língua vou mostrar como ficou a minha versão:

P.S: O anel discretissimo foi feito por mim. =D

E você? Já disse que não usaria algo e acabou usando, conte sua história!

Blocos de notas doces

Vi e pensei com meus botões: - So, so cute! Nos momentos que você vê objetos tão, tão legais que somam o lúdico com o funcional não tem como resistir. Até seus amigos mais chatos vão ficar querendo um bloquinho de notas destes quer apostar? 

A marca responsável por estas delicias é a Papelaria que ainda está com o site em contrução. Apesar de toda doçura os blocos custam em torno de R$12 a 100 reais - pois é um precinho azedinho.
Só eu ou mais alguém sentiu fome agora?  =D
 Você encontra alguns facinho aqui e aqui.


Moema acabou o post e foi correndo assaltar a geladeira.


Qual o seu favorito? Comente!