Velha mais, velha eu

segunda-feira, abril 26, 2010


Hoje fico mais velha, 19 anos e alguns caroços. Nem tudo ainda foi digerido, e quanto mais o tempo passa sinto cada pedaço do meu corpo um pouco mais cansado do que antes.  A minha escrita não é a mesma,as conversas, as pessoas na minha vida também não e nem esse meu tambor torto chamado coração; nunca esteve tão fraturado.

Tudo bem não sou o tipo de pessoa que segue sempre em frente, percebi ao curtos dos meus 19 anos que ás vezes suas escolhas fazem você seguir na contramão; e nem assim te tornam mais fraco e menos digno. Na verdade só não deve esquecer quem é e de onde veio... Daqui a um ano ficarei mais velha, 20 anos, finalmente vou entender que basta estar vivo para ser suscetível a tudo inclusive aos preteridos caroços.

Leia também

1 comentários