Preciosa - Uma história de esperança (2009)

domingo, abril 04, 2010

Ando bem cinéfila nesses últimos tempos, pensar que antigamente (há uns 2 anos atrás) lembro que não tinha a menor paciência para ficar umas duas horas sentada ou deitada no sofá assistindo filme. Prefiria gastar esse tempo lendo ou escrevendo alguma coisa... Ainda bem que mudei essa minha cisma com os filmes, e desde então frequento assiduamente as salas de projeção de olho nos lançamentos. Sejam eles elogiados ou não pela crítica vou conferir para tirar minhas próprias conclusões.





Coloquei a foto do Tio Lenny Kravitz em homenagem a minha mãe (Sim, mãee ele é um gaton rs)


Sinopse: 1987, Nova York, bairro do Harlem. Claireece "Preciosa" Jones (Gabourey Sidibe) é uma adolescente de 16 anos que sofre uma série de privações durante sua juventude. Violentada pelo pai (Rodney Jackson) e abusada pela mãe (Mo'Nique), ela cresce irritada e sem qualquer tipo de amor. O fato de ser pobre e gorda também não a ajuda nem um pouco. Além disto, Preciosa tem um filho apelidado de "Mongo", por ser portador de síndrome de Down, que está sob os cuidados da avó. Quando engravida pela segunda vez, Preciosa é suspensa da escola. A sra. Lichtenstein (Nealla Gordon) consegue para ela uma escola alternativa, que possa ajudá-la a melhor lidar com sua vida. Lá Preciosa encontra um meio de fugir de sua existência traumática, se refugiando em sua imaginação  adorocinema.com

 Trailer: Clique Aqui

Ontem fui ver Preciosa, por ter gostado da sinopse e pelas resenhas que vi falando muito bem do filme. Embora o gênero dramático não seja o meu predileto (no cinema) a trama é envolvente, o elenco maravilhoso e passa uma lição de vida bem forte. O único ponto negativo do filme a meu ver foi o final reticente da personagem principal, não deixaram claro o que aconteceu com ela, enfim, ficou vago demais.

Se não me engano a película faturou cinco indicações ao Oscar: Roteiro original, melhor atriz, melhor atriz coadjuvante (A atriz Mo´nique que interpreta a mãe da protagonista; uma interpretação monstruosa de boa) , melhor diretor e melhor filme. E das cinco levou dois prêmios: o de roteiro original e atriz coadjuvante.

Leia também

1 comentários